domingo, maio 14, 2006

64 - vento e mar

Guincho, Cascais
13 de Maio de 2006 (ontem)
Havia vento, muito vento... havia mar, muito mar e, ainda, uns palermas a brincar ao surf e uma mulher à espera.
Porque esperam as mulheres?

4 Comments:

Blogger António Almeida said...

quem espera... desespera!

domingo, maio 14, 2006 9:36:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

quem espera, nem sempre alcança...

domingo, maio 14, 2006 10:07:00 da tarde  
Anonymous asna said...

«Porque esperam as mulheres?»
A resposta varia e depende, obviamente, das mulheres a quem diriges a pergunta?

a mulher da praia, por exemplo, podia não esperar por coisa alguma!!!
Coloca a hipótese de estar, simplesmente, a contemplar o mar!!!

segunda-feira, maio 15, 2006 9:56:00 da manhã  
Anonymous Cris said...

...que a promessa seja cumprida.ela tem a certeza que será.tem tempo, todo o tempo do mundo.enquanto isso, tricota a fio de grãos de areia o sítio para onde irão.
depois?
restará um espaço na areia. virá outra mulher que se sentará, quiçá apenas olhando, quiçá tricotando outra certeza.
depois?
torna-se cíclico pois que nada acontece por acaso.
nem a mulher, nem a praia, nem a certeza, nem a promessa cumprida, nem mesmo sequer, o fio de areia

sábado, maio 20, 2006 1:47:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

desde 2006.05.24
Site Counters