sábado, fevereiro 25, 2006

22 - A ponte é uma passagem...

Porto
Junho de 2002

A serra do Pilar na margem esquerda.

A ponte do Infante, ainda não estava concluída, ao fundo a ponte D. Luiz I.

A primeira fotografia duma bela cidade, dura como o granito onde se alicerça.

3 Comments:

Blogger António Almeida said...

uma cidade escura.
nunca fui muito com o Porto.
a primeira vez que lá fui, há mais de 30 anos, achei a cidade escura e suja.
acho que apesar das diferenças para a cidade de hoje, essa imagem permanece!

sábado, fevereiro 25, 2006 9:40:00 da tarde  
Blogger Maria said...

Tenho no Porto grandes amigos, da cidade boas recordações. A Ribeira é cheia de cor e sons e vida e crianças. Estendais, gritos, restaurantes pequeninos onde as doses alimentam famílias de Marias... As imagens do Porto a preto e branco são-me familiares, a fotografia é indissociável do local, vou ao Porto ver exposições. Adoro fotógrafos do Porto (cf. Aurélio da Paz dos Reis, um irreverente delicioso e imortal). As pontes são a paisagem de chegada, sempre a margens novas.

domingo, fevereiro 26, 2006 7:03:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

António,

as cidades não se olham, sentem-se, só sentindo-as as conseguimos compreender e às gentes que as habitam.

Maria,

Com que então exposições de fotografias no Porto... na Cadeia da Relação, presumo, também, em Serralves, não?
É bom partilhar prazeres.
Quantos aos restaurantes da Ribeira recomendo o "Chez Lapin" e a "Casa da Mãe Preta", o do Rui Veloso é manhoso, a única recordação que perdura é o preço que se paga.

terça-feira, fevereiro 28, 2006 8:56:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

desde 2006.05.24
Site Counters