quinta-feira, junho 15, 2006

75 - os meus cabritos (têm olhos azuis)

Portela de Santa Margarida (Constância)
11 de Junho de 2006
Os meus cabritos, na verdade, os cabritos dos papás não têm os olhos azuis, mas, parece que têm.
Na vida quantas coisas não parecem o que não são...
Uns olham uns animais brincalhões, outros vêem refeições.
Uma mão acaricia-o («post» anterior), outra empunha a faca que o irá matar...


5 Comments:

Anonymous Gaia said...

Gosto mais do post anterior!

Não é preciso matar. Basta apertar.

Olha, se não chegar, mata!

quinta-feira, junho 15, 2006 9:19:00 da manhã  
Anonymous Gaia said...

Pedro, esqueci-me de perguntar:
Esses teus cabritos, se têm olhos azuis, são da nobreza?
Eu sou do campo (já te disse?), para que morram mesmo, de morta matada, é preciso afiar bem a faca.

quinta-feira, junho 15, 2006 9:24:00 da manhã  
Blogger pedro oliveira said...

Então Gaia não é cidade?

Campo, cidade, sei lá...

Os cabritos não têm olhos azuis, mas, são nobres, a nobreza que (quase) todos os seres vivos possuem.

quinta-feira, junho 15, 2006 9:29:00 da manhã  
Anonymous Gaia said...

Olhe,
caro Pedro (Gostaste, deste «para si»)
eu agora, não me apetece nada estar a explicar. Mas, enfim, como sou sua amiga, faço-lhe um convite:

http://indefinite-amore.blogspot.com/2006/04/da-minha-janela.html#links

Sou eu.

quinta-feira, junho 15, 2006 9:52:00 da manhã  
Anonymous portelense de gema said...

Um bem haja para quem faz algo pela nossa terra.
Mas era optimo que houvesse mais fotos da Portela de Santa Margarida.
Já agora pq não um pequeno forum de discussão sobre a terra.

Estarei atento.
Já agora qual Pedro Oliveira?

Um abraço

Um Portelense de gema com cabelos quase brancos....

sexta-feira, junho 23, 2006 11:32:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

desde 2006.05.24
Site Counters